MIAN Itinerante

A nossa missão é difundir a arte naïf ao maior número de pessoas possível!

Por isso, além de nossa sede, do nosso site, do facebook e dos aplicativos móveis, procuramos fazer parcerias com outros museus e espaços expositivos dentro e fora do Rio de Janeiro para levar a arte naïf pelo mundo afora!

 

EXPOSIÇÕES ITINERANTES PASSADAS No Brasil

 
  • Al Ritmo de BRASIL: Arte Naif, Popular y Moderno (2014)

    Local: Centro Cultural Palacio La Moneda – Santiago (Chile)
    A exposição conta com 291 obras de artistas brasileiros, sendo 126 obras do acervo do MIAN. A mostra conduz o visitante por um Brasil popular, rural e urbano, mostrando nossa cultura, costumes regionais, as transformações causadas pela modernidade, assim como as novas formas de expressão artística brasileira. A mostra internacional é um produto de uma colaboração entre as instituições: Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil, Museu de Folclore Edison Carneiro, a coleção de Hecilda e Sérgio Fadel e Fundación Salvador Allende de Chile.

  • Arte Naïf, A Bola da Vez (2014)

    Local: Centro Cultural dos Correios (gerenciamento de Arte Cultura Gestão & Produção Cultural)
    O MIAN apresentou nesta exposição quadros de um time de peso, que reúne artistas de diversas regiões brasileiras. Visando difundir a arte naïf, mostramos o futebol ingênuo desses pintores.

  • Contraponto (2013)

    Local: Museu de Arte popular Janete Costa – Niterói
    Curadoria: Prof. Wallace de Deus (Departamento de Arte da UFF).
    A mostra apresenta 10 esculturas do artista Mudinho fazendo um contraponto à 17 obras naïfs do acervo do MIAN.

  • Afro Naïf: Um olhar naïf sobre a cultura negra no Brasil (2013)

    Local: Sesc Ramos (parceria com Arte Cultura Gestão & Produção Cultural)
    A mostra visa de maneira lúdica e criativa apresentar um diálogo entre as semelhanças culturais existentes nas culturas africana e brasileira, assim como resgatar as raízes ingênuas , as vezes quase infantis, dos traços dos pintores naïfs. Além da exposição, serão realizadas atividades educativas com os jovens das escolas do entorno.

  • Expresso Naïf (2013)

    Local: Sesc Engenho de Dentro (parceria com Arte Cultura Gestão & Produção Cultural)

  • Festas Populares Naïf

    Local: Sesc São João de Meriti (parceria com Arte Cultura Gestão & Produção Cultural)
    Os artistas naïfs brasileiros pintam as festas populares com todas as cores e a alegria dos seus pincéis ingênuos. Pintores como Ermelinda, Miranda, Ozias, Mabel e outros retratam folguedos, festas, lendas, procissões e momentos inesquecíveis das nossas tradições populares. A exposição apresenta uma seleção de 30 quadros pertencentes ao acervo nacional do MIAN, que tem como objetivo primordial a divulgação e a valorização da arte naïf brasileira.

  • Incríveis Mulheres, um Olhar Naïf (2013)

    Local: Sesc Santa Luzia (parceria com Arte Cultura Gestão & Produção Cultura)

  • Futebol do Brasil Naif (2013)

    Local: Palacete das Rosas Araraquara, São Paulo (parceria com Arquiprom)

  • Brasil Naïf (2006)

    Local: Hotel Sofitel Rio de Janeiro, RJ

  • Descobrindo a Arte Naïf (2012)

    Local: Sesc Tijuca (parceria com Arte Cultura Gestão & Produção Cultura)

  • Encontros e Reencontros na Arte Naïf (2005)

    Locais: Brasil Haiti CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil Brasília, DF; e FAAP – Fundação Armando Penteado São Paulo, SP

  • Arte Américas (2005)

    Local: Centro Cultural dos Correios – Rio de Janeiro, RJ

  • Pura Mistura – Referências para a Arte Brasileira (2004)

    Local: Segmento da Bienal Naïfs do Brasil no SESC de Piracicaba – São Paulo, SP

  • Viva o Verão (2004)

    Local: Biblioteca Popular da Ilha do Governador – Centro Cultural Euclides da Cunha – Rio de Janeiro, RJ

  • Conheça uma Arte Livre de Estilos – tema: “Mães” (2003)

    Local: Botafogo Praia Shopping Rio de Janeiro, RJ

  • Programa de Apoio a Investimentos Sociais de Empresas (2003)

    Local: BNDES Rio de Janeiro, RJ

  • Atletismo, Memória e Arte BMF (2003)

    Local: Espaço Cultural da Bolsa de Mercadorias e Futuros São Paulo, SP

  • PAN aos Olhos do Povo (2003)

    Local: Shopping da Gávea – Rio de Janeiro, RJ

  • Os Índios e o Respeito à Natureza (2003)

    Local: Casa de Cultura Laurinda Santos Lobo – Rio de Janeiro, RJ

  • POP BRASIL – A Arte Popular e o Popular na Arte (2002)

    Local: CCBB – Centro Cultural do Banco do Brasil – São Paulo, SP

  • Paixões de Criança (2002)

    Local: Museu da Cidade – Rio de Janeiro, RJ

  • Pelé – A Arte do Rei (2002)

    Local: MASP – São Paulo, SP

  • Descobrindo o Brasil Naïf (2002)

    Locais: Barra Shopping – Rio de Janeiro, RJ; e na Galeria da Caixa Econômica de Curitiba – Paraná

  • Bola na Rede: O Futebol e os Naïfs (2002)

    Locais: SESC Nova Iguaçú e SESC São Gonçalo Rio de Janeiro, RJ

  • 7ª Bienal Nacional de Santos – Artes Visuais (2000)

    Locais: Centro de Cultura “Patrícia Galvão” Santos, SP

  • Pintores Naïfs do Equador CCBB (1990)

    Locais: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro, RJ

  • BRITE – (Brazil International Tourism Exchange) (2000)

    Locais: Rio Centro – Rio de Janeiro, RJ

  • A.C.N.O.- Assembléia Geral dos Comitês Olímpicos Nacionais Coletiva (2000)

    Locais: Forte de Copacabana – Rio de Janeiro, RJ

  • Uma Visão Naïf do Mundo (1999)

    Locais: Teatro Municipal Trianon – Campos, RJ

  • Rio I Love You (1998)

    Locais: Espaço INFRAERO – Aeroporto Internacional do Galeão – Rio de Janeiro, RJ

  • Panorama Naïf – Exposição BRASIL-FRANÇA 98 (1988)

    Locais: Centro Cultural dos Correios – Rio de Janeiro, RJ

  • O Mundo Fascinante dos Pintores Naïfs (1998)

    Locais: Paço Imperial Rio de Janeiro, RJ

 

EXPOSIÇÕES ITINERANTES PASSADAS No Exterior

 
  • Le Brésil Brésilien – Bachianas Brésiliennes (2005)

    Local: Musée International d’Art Naïf Anatole Jakovsky – Em Nice, França

  • Brazil – Haiti: Naïve Art na sede da ONU (2005/2006)

    Local: Sede da OEA Washington, N.Y. – EUA; e Musée d’ Art Haitien du College Saint Pierre Port au Prince – Haiti

  • Brasil Brasileiro (2002)

    Local: Coletiva Galeries Lafayette, 1° e 2° andares, Boulevard Haussmman – Paris, França

  • ouer avec les Couleurs: Le Sport à Travers les Yeux des Naïfs Brésiliens MOL (2001/2002)

    Local: Musée Olympique Lausanne – Em Lausanne, Suíça

  • INSITA (2000)

    Local: Trienal Internacional de Arte Naïf Slovak National Gallery – Bratislava, Eslováquia

  • INSITA (1997)

    Local: Trienal Internacional de Arte Naïf Slovak National Gallery – Bratislava, Eslováquia

  • Naïfs Brasileiros de Hoje (1994)

    Local: Feira Internacional do Livro Frankfurt, Alemanha

  • Miranda (1989)

    Local: Individual Maison de l’Amérique Latine de Monaco – Mônaco

  • Miranda (1988/1989)

    Local: Individual Musée International d’Art Naïf Anatole Jakovsky Nice, França

  • Brésil Naïfs (1986/1987)

    Local: Maison des Cultures du Monde Paris, França; e Rabat, Marrocos

  • INSITA (1994)

    Local: Trienal Internacional de Arte Naïf Slovak National Gallery – Bratislava, Eslováquia, sob os auspícios da UNESCO

    Obs: O Brasil obteve Menção Honrosa pelo conjunto de obras enviadas e pelas obras do pintor Miranda. Aparecida Azedo teve o seu quadro “Amazônia” escolhido para capa do catálogo e todo o material gráfico da exposição – 1994